Google anuncia roteador OnHub e promete atualizações de software constantes

O Google anunciou, nesta terça-feira (19), o roteador Wi-Fi chamado OnHub, que irá receber atualizações de software constantes, segundo a própria empresa. O aparelho, criado em parceria com a fabricante taiwanesa de roteadores TP-Link, começa a ser vendido nos Estados Unidos no mês que vem, por 199 dólares (ou 694 reais, em conversão direta).

Oferecer atualizações de firmware para roteadores Wi-Fi não é uma prática comum para fabricantes, mas quando isso acontece, o usuário precisa baixar o arquivo de instalação por conta própria e colocá-lo no aparelho. O processo não é tão simples e nem todo mundo se lembra de conferir se há updates no site da marca do roteador de casa. O Google traz toda a operação do OnHub via aplicativo para smartphones com sistemas Android ou iOS para facilitar a sua interação com o produto.

885x593-onhub-roteador-google-contorle-20150818193216
“Passamos muito tempo com pessoas que tiveram todo o tipo de problema com as suas redes Wi-Fi”, afirmou Trond Wuellner, gerente de produtos do Google, segundo a Wired.

Com um visual que lembra o AirPort Extreme, o roteador da Apple, o Google investiu no design para que o OnHub seja um item de decoração na casa do consumidor, não um dispositivo achatado com antenas saindo por toda parte. A equipe de Wuellner descobriu que criando um roteador alto e cilíndro diminui as chances das pessoas colocarem objetos em cima dele – o que pode prejudicar o sinal Wi-Fi.

885x592-onhub-20150818193248

Falando em qualidade de sinal, melhorar a experiência do consumidor nesse quesito é o objetivo do Google com esse produto. Por isso, o OnHub tem 13 antenas, sendo 12 para transmissão de sinal e uma para medir o congestinamento da sua rede wireless. Além disso, o software do aparelho monitora a rede o tempo todo para garantir que a transmissão de sinal ocorra da melhor maneira possível. O roteador tem Wi-Fi padrão AC e suporte para a frequência de 5 Ghz.

Entre outros recursos de conectividade, os que merecem destaque são o Bluetooth LE e o suporte para Weave. A Weave é a linguagem de programação do Google voltada para casas inteligentes. Com isso, no futuro, o OnHub pode funcionar como um “hub” para a sua casa conectada.

Vale lembrar que está não é a primeira vez que o Google investe no segmento de internet doméstica. A empresa oferece conexão banda larga por fibra ótica, por meio do seu serviço chamado Google Fiber, nos Estados Unidos. E a companhia vai continuar a lançar roteadores como o OnHub: outro aparelho já está em fase de desenvolvimento, mas este será feito em parceria com a Asus.