Saude: Em laboratório, Canadenses pode ter sido exposto ao virus de ebola

Nesta Terça-Feira 08/11 segundo autoridades , Um pesquisador foi “Provavelmente exposto” ao vírus do ebola isso ocorreu na cidade de Winnipeg onde fica o “Centro Nacional de Doenças de Animais Estrangeiros do Canadá”

O Pesquisador estava trabalhando com porcos que estavam infectados com o virus de ebola em um laboratório de contenção de nível 4 nesta segunda-feira por volta das 14 horas (hora local do canada), e notou uma “fenda” na costura do seu traje de proteção, nos procedimentos de descontaminação, logo depois de sair da sala.
virus ebola pesquisador exposto - informacaobrasil.com.br
Segundo as autoridades o trage de proteção era novo,.

Logo percebido a exposição , o diretor John Copps da Agência Canadense de Inspeção de Alimentos, disse que todos procedimentos de emergência foram seguidos e o risco para os canadenses era muito baixo.

O nome do pesquisador não foi divulgado,foi oferecida ao pesquisador, a uma vacina experimental contra o virus de ebola , a qual foi utilizada com sucesso durante um surto na África.

Segundo Copps o indivíduo não apresentou nenhum sintomas e ficara em quarentena sob observação durante o total de 21 dias.

O Temido vírus do ebola é transmitido por contato com fluidos corporais, e pode causar alguns sintomas como dores no corpo, febre, vômitos, diarreia e até mesmo hemorragias.

Segundo a Organização de Saúde Mundial, o ebola já matou até 90% dos infectados durante os grandes surtos, embora seja a chance média de sobrevivência do infectado é cerca de 50%.

Lembrando que a epidemia que ocorreu em 2014 matou mais de 11.000 pessoas na África Ocidental e atualmente foi controlada.

Fonte original exame abril e adaptada para o portal informação Brasil