Facebook transmitirá internet via satélite para a África


O Facebook anunciou que transmitirá internet via satélite para partes do continente africano com maior densidade populacional.

A iniciativa é o resultado de uma parceria da empresa americana com a francesa Eutelsat, especializada em telecomunicações. Mais de 14 países ganharão acesso à internet por meio deste projeto.

Para tornar o método de transmissão viável, as companhias se aliaram à israelense Spacecom para que possam utilizar toda a capacidade de carga de transmissão de dados (payload) de banda larga do satélite AMOS-6, que será lançado ainda em 2015.

A expectativa do Facebook é que a internet chegue aos países da África subsaariana em 2016, como informa o Telegraph.

A empresa mantém o Internet.org, uma iniciativa que busca levar o acesso à internet a mais pessoas ao redor do globo.


Para atingir esse objetivo, a rede social também conta com um projeto de levar o acesso à web para regiões remotas com drones. Criado no Reino Unido, o chamado “Aquila” tem uma asa enorme feita de fibra de carbono e envergadura parecida com a de um Boeing 737.

O aparelho, entratanto, é leve, sendo que seu peso é inferior a 450 quilos. Os aparelhos transmistirão o sinal de internet por meio de um laser que têm precisão o suficiente para atingir moedas de 10 centos a 18 km de distância.

No entanto, o Facebook ainda tem o desafio de conectar cerca de 6 bilhões de pessoas, de acordo com Mark Zuckerberg, CEO da companhia. Segundo o relatório State of the Internet, da Akamai, o crescimento do número de pessoas que acessaram a internet pela primeira vez teve queda e foi de 6,6% em 2014.