Google fornece software gratuito por inteligência artificial


A Google quer definir o padrão da inteligência artificial.

Para influenciar a forma como as pessoas desenvolvem, testam e rodam sistemas de inteligência artificial, a empresa web está disponibilizando gratuitamente seu software interno de desenvolvimento de IA.

A subsidiária da Alphabet Inc. está lançando um programa chamado TensorFlow como um software de código aberto disponível gratuitamente, disse a empresa nesta segunda-feira. Ele se baseia no mesmo sistema interno que a Google levou vários anos para desenvolver com o objetivo de apoiar seu software de IA e outros programas matematicamente complexos.

A inteligência artificial é a base de produtos como os assistentes pessoais, como o Google Now e o Cortana, da Microsoft.

Ela permite também que a rede social Facebook e o software da Google identifiquem automaticamente e marquem os conteúdos das imagens carregadas a seus sistemas.

Ela também torna possível categorias completamente novas de produtos, desde os carros autônomos da Tesla e da Google até as novas formas de entretenimento em aplicativos de realidade virtual que estão sendo desenvolvidos pela Facebook para seu sistema de realidade virtual, o Oculus.

Com o lançamento do TensorFlow, qualquer um pode baixar e modificar o software de desenvolvimento que sustenta o RankBrain, a parcela alimentadora de IA do mecanismo de busca da Google, e novos recursos, como sua ferramenta de e-mail Smart Reply, escreveu a Google em uma postagem de blog.

Empresas como Google, Facebook Inc. e Microsoft Corp. estão tentando influenciar o desenvolvimento da IA.

Para isso, estão ampliando as equipes dos laboratórios de pesquisa, publicando trabalhos de pesquisa acadêmica, realizando apresentações em conferências e até mesmo dando palestras como convidados em universidades.

Elas apostam que, ao estarem abertas, poderão convencer acadêmicos talentosos a trabalharem para elas e ao mesmo tempo incentivarão a comunidade, de uma forma mais ampla, a trabalhar em novas tecnologias de IA.

Outras empresas, como a Apple Inc. e a Amazon.com Inc., foram mais sigilosas no passado, mas agora também estão procurando ser mais abertas.

Ferramentas padrão

As empresas também estão tentando guiar o desenvolvimento de IA.

A Facebook divulgou o código livre do Torch, uma ferramenta de desenvolvimento de IA utilizada pela DeepMind, uma subsidiária da Google, pela AMD, pela Intel e por outras empresas. A Twitter anunciou sua primeira contribuição para o Torch na sexta-feira.

A Microsoft, por sua vez, publicou numerosos programas e conjuntos de dados de IA como código aberto.

Ao lançar o TensorFlow, a Google busca transformar o software que construiu para desenvolver e rodar seus próprios sistemas de IA em parte do conjunto de ferramentas padrão utilizado pelos pesquisadores, disse Jason Freidenfelds, porta-voz da Google, que tem sede em Mountain View, na Califórnia, EUA. A decisão também poderia ajudar a Google a identificar talentos potenciais.

A Google compartilhou o TensorFlow com um pequeno grupo de pessoas antes de seu lançamento, disse ele.

Christopher Manning, professor de Linguística e Ciência da Computação da Universidade de Stanford, vem escrevendo, juntamente com dois estudantes, programas de IA utilizando o TensorFlow.

Ele diz que o sistema pode realizar operações muito mais rapidamente do que outras ferramentas e inclui recursos que levam bastante tempo para programar, como sistemas de sintonia fina que operam com unidades de processamento gráfico de empresas como a Nvidia Corp.

O principal fator que pode definir o sucesso ou o fracasso do TensorFlow é o envolvimento da Google com a comunidade de código aberto que o adota.

“Como pesquisador, uma ferramenta que te torna mais rápido é bastante atraente”, disse Manning. “Com base na evidência disponível para mim no momento, acho que ela será amplamente adotada”.


Avalie nosso post:
1 Estrela2 Estrela3 Estrela4 Estrela5 Estrela (Sem avaliações ainda)
Loading...

Palavras Chave: - AI - google