Skip to main content

Restituição 2018 – Confira sua declaração e veja o Calendário de pagamento

Restituição 2018

A restituição 2018 esta chegando para aqueles que fizeram a declaração imposto de renda, e quem tem dinheiro a receber como o primeiro lote de restituição do imposto de renda 2018  só pensa quando terá acesso aos recursos.
Quem entregou no fim do prazo tende a receber a restituição apenas nos últimos lotes.

Mas há um consolo: quem recebe mais tarde pode ter um ganho, já que o valor da restituição é corrigido pela taxa básica de juros da economia, a Selic.

Caso você que tenha declarado seu IRPF e esta com duvida se teve a declaração processada, e se já vai receber neste primeiro lote.

O contribuinte devera acessar a página da Receita na internet  e fazer a consulta restituição online ou ligar para o telefone 146 para obter mais informações.

O 1º Lote restituição  será pago em 15 de junho, mas o primeiro lote tende a beneficiar especialmente os contribuintes com prioridade de recebimento (idosos com idade igual ou superior a 60 anos) e as pessoas com deficiência.
E para o 2º lote restituição será pago em 16 de julho, e começa a reunir os demais contribuintes. O calendário de restituição 2018 vai até dezembro.

Neste artigo você pode conferir como fazer a consulta restituição e ver os valores da restiuição 2018, tenha uma otima leitura e tire todas suas duvidas no artigo.

Quem deve declarar?

Neste ano de 2018 é obrigado a entregar a Declaração do IRPF 2018 as pessoas que receberam acima de R$ 28.559,70, tiveram ganho de capital ou operações na bolsa: obtiveram ganhos de capital na alienação de bens ou direitos, ou operações em bolsas de valores que estão sujeitos à tributação, tiveram renda maior que R$ 142.798,50 em atividade rural, tiveram posse ou propriedade de bens ou direitos acima de R$ 300.000,00 ou passou a condição de residente no Brasil até 31 de dezembro de 2017.
Caso tenha duvidas de quem deve declarar ou como declarar confira nosso artigo quem deve declarar o imposto de renda.

Restituição 2018 - Imposto de renda - Confira as datas da restituição e veja quanto vai receber
Restituição 2018 – Imposto de renda – Confira as datas da restituição e veja quanto vai receber

Tabela Imposto de renda

A Receita Federal divulga anualmente a tabela do Imposto de Renda, com as alíquotas de contribuição para o IRPF 2018 e para o IRRF 2018.
Criamos este artigo para você possar conferir a tabela de imposto de renda 2018.

Data restituição imposto de renda 2018

Confira as datas restituição imposto de renda 2018, Calendário completo com a liberação de todos os lote de restituição 2018.

Cronograma dos Lotes de Restituição
LoteData
Remuneração
Selic
Declarações
transmitidas até
1º Lote15/06/2018Não informadaPrioridades
2º Lote16/07/2018Não informada
3º Lote15/08/2018Não informada
4º Lote17/09/2018Não informada
5º Lote15/10/2018Não informada
6º Lote
16/11/2018Não informada
7º Lote
17/12/2018Não informada

 

Quem tem direito para receber a restituição IR 2018 ?

Para saber se teve a declaração liberada; o contribuinte devera acessar o site da Receita ou pelo próprio aplicativo de celular oficial.

1º Lote restituição do IR quando?

A data para disponibilização da consulta da restituição imposto de renda 2018 tem inicio em Junho. A Consulta e esta disponível no site oficial  da receita federal.

O Dinheiro do 1º lote vai ser depositado no dia 16 de novembro.

 

Consulta Restituição

Para realizar a consulta restituição 2018 o usuario devera ter em mãos o numero do CPF e data de nascimento

  • O usuário devera acessar o link diretamente no site da receita Consulta restituições IRPF
  • Informar o numero de CPF e Ano do exercicio
  • Informar a data de nascimento
  • Informar codigo de verificação corretamente

 

Restituição 2018 imposto de renda tela
Restituição 2018 imposto de renda tela

 

Apos informar os dados corretamente e caso sua declaração ja tenha sido processada, sera apresentada a seguinte tela abaixo.

Restituição 2018 - Tela declaração processada
Restituição 2018 – Tela declaração processada

Caso você tenha feito a Declaração e teve imposto a pagar sera apresentada a seguinte informação

Restituição 2018 Impostos a pagar
Restituição 2018 Impostos a pagar

 

Observações:

  • CPF – deve ser informado completo, inclusive com o dígito verificador, sem separadores de números, pontos ou traços.
  • Data de Nascimento – devem ser digitados apenas números, com dois algarismos para o DIA e para o MÊS e quatro algarismos para o ANO.
  • Código impresso acima – digite os 6 caracteres da imagem. Essa informação ajuda a Receita Federal do Brasil a evitar consultas por programas automáticos, que dificultam a utilização do aplicativo pelos demais contribuintes.
  • Para que a consulta funcione corretamente, é necessário que seu navegador esteja habilitado para gravação de “cookies”.

 

Alteração dos Dados Bancários para Crédito da Restituição

A Receita permite que você possa fazer uma retificação e alteração dos seus dados bancários a qual vai ser creditada sua restituição, porem somente para as seguintes situações:

  • A conta informada para depósito da restituição foi encerrada

    Existem três opções:

    1) No Portal e-CAC, acesse o Extrato da Declaração do IRPF na seção Restituição e Compensação → Extrato do Processamento da DIRPF → Extrato.

    No item Demonstrativo do Crédito da Restituição, ao final da página, clique em “Alterar dados bancários para crédito da restituição“.

    Informe os novos dados bancários e clique em “Alterar“.

    AVISO: Caso seja necessário alterar os dados bancários para mais de um exercício, o procedimento deverá ser repetido em cada um deles.

    2) Aguarde a liberação da restituição para então informar a nova conta para depósito.

    Para informar a nova conta, entre em contato com a Central de Atendimento do Banco do Brasil, nos telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes físicos), das 8h00 às 21h00, ou compareça pessoalmente a uma agência do Banco do Brasil.

    3) Retifique a declaração, alterando as informações bancárias para depósito da restituição.

    AVISO: Para fins de priorização no pagamento das restituições, considera-se como data de apresentação a data do envio da declaração retificadora, e não a data de apresentação da declaração original.

  • O contribuinte quer alterar a conta para depósito da restituição

    Existem duas opções:

    1) No Portal e-CAC, acesse o Extrato da Declaração do IRPF na seção Restituição e Compensação → Extrato do Processamento da DIRPF → Extrato.

    No item Demonstrativo do Crédito da Restituição, ao final da página, clique em “Alterar dados bancários para crédito da restituição.

    Informe os novos dados bancários e clique em “Alterar“.

    AVISO: Caso seja necessário alterar os dados bancários para mais de um exercício, o procedimento deverá ser repetido em cada um deles.

    2) Retifique a declaração, alterando as informações bancárias para depósito da restituição.

    AVISO: Para fins de priorização no pagamento das restituições, considera-se como data de apresentação a data do envio da declaração retificadora, e não a data de apresentação da declaração original.

  • A restituição foi liberada, mas não foi creditada na contaVocê devera entrar  em contato com a Central de Atendimento do Banco do Brasil, nos telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes físicos), das 8h00 às 21h00, ou compareça pessoalmente a uma agência do Banco do Brasil.

 

Caiu na malha fina? o que fazer?

Se sua declaração não foi liberada nesse lote, isso não quer dizer necessariamente que ela caiu na malha fina. Serão liberados mais lotes posteriormente. então fique ligado em nossos artigos para ficar por dentro.

Encerrado o prazo de entrega da declaração de Imposto de Renda das Pessoas Físicas 2018, os sistemas da Receita Federal registraram 29.269.987 declarações até as 23h59 de segunda-feira, 30 de abril. Desse total, 317.920 foram enviadas por dispositivos móveis. A Receita acredita que este ano mais contribuintes decidiram entregar a declaração dentro do prazo.

Em um total aproximado de R$ 3 bilhões de reais serão transferidos a 1.636.218 contribuintes, e Preferencialmente e por lei, os idosos e contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou com alguma doença grave têm prioridade na restituição neste primeiro lote.

O processo de malha fina analisa a inconsistência ou incompatibilidades de dados na declaração do imposto de renda 2018, durante esse processo os funcionários da Receita Federal verificam os dados a fim de verificar a veracidade do processo junto a outros órgãos do Governo Federal.

Caso em sua declaração seja encontrada alguma inconsistência ou incompatibilidade de dados, o contribuinte é informado a fim de verificar a incompatibilidade e corrigi-las dentro de um prazo determinado pela a Receita Federal.

Quais fatores que levam a cair na Malha Fina IR?

Diversas situações que podem fazer com que a sua declaração do imposto caia na malha fina, confira abaixo as situações mais comuns:

  • Omissão de informações financeiras;
  •  Erros no preenchimento da declaração do imposto de renda;
  • Contradição de informações financeiras apresentadas.Por isso, é importante ficar atento (a) ao preenchimento de informações, pois qualquer erro cometido, pode fazer com que a sua declaração do imposto de renda caia na Malha Fina IR 2018.

Receber aviso via celular – APP Pessoa Física

APP Pessoa Física permite ao contribuinte consultar e receber um aviso quando a restituição do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física for liberada. Para tanto, após realizar a instalação do aplicativo para dispositivos móveis, realize os seguintes passos:

1. Acesse o serviço Consulta Restituição;

2. Informe o CPF e o exercício da declaração desejada;

3. Caso a restituição ainda não tenha sido creditada, clique sobre a estrela;

4. Quando a restituição for enviada para a conta informada na declaração, o dispositivo receberá o alerta: “Restituição enviada para o banco“.

APP Pessoa Física está disponível nas plataformas Android e iOS.

 

Um pouco da historia do imposto de renda

Neste vídeo feito pela receita federal, é explicado como começou a declaração, para que serve, e aonde o governo investe o dinheiro Confira:

 

Fonte das informações: Site oficial da Receita Federal. Artigo adaptado para o nosso portal Informacaobrasil.com.br