Windows 10 deve facilitar adoção da política de home office por empresas


O Windows, que será lançado no dia 29 de julho, deverá trazer funcionalidades que facilitarão a adoção do trabalho remoto por empresas e funcionários. O sistema operacional vai possibilitar que computadores pessoais se conectem à empresas através da nuvem. “Com esse recurso será possível receber políticas corporativas de configuração”, disse Fabio Hara, Technical Evangelist na Microsoft, em encontro com jornalistas na tarde desta segunda-feira, 29.

Hara destacou que essa função será útil para evitar deslocamentos até a matriz, além de ser útil para companhias com uma rede de representantes, vendedores e pessoal de campo. No entanto, as VPNs não serão extintas. Segundo Hara, a recomendação é combinar esse novo recurso de rede com uma VPN transparente (aquela em que o usuário não precisa colocar senha, por exemplo), algo disponível desde de 2012.
ADVERTISEMENT

Ainda para o ambiente corporativo, o novo Windows possibilitará que as empresas customizem versões da loja, permitindo downloads apenas de apps autorizados ou programas internos que precisam ser distribuídos.

A Microsoft também diz ter reforçado a segurança do Windows para uso corporativo. O sistema está preparado para autenticação em dois passos, biometrias e gerenciamento de conteúdo ativo, evitando que informações sensíveis sejam vazadas.

“Acreditamos na proteção do dispositivo do momento em que a pessoa inicia o uso até o momento em que ela transita a informação”, disse Fábio Gaspar, gerente de produto do Windows. “O Windows 10 vai encapsular o que é informação pessoal e o que é informação corporativa. Ele vai bloquear ou gerenciar a distribuição. A área de TI poderá definir como e com quem uma apresentação em Power Point de uso interno, por exemplo, será compartilhada”.

O Windows 10 será liberado no dia 29 de julho para donos de PCs (donos de Windows Phone deverão receber o sistema operacional apenas no final do ano). Com a meta de integrar dispositivos, o Windows 10 poderá ser baixado gratuitamente pelos donos das versões 7 e 8.1. A ideia da empresa é reduzir a fragmentação do sistema, facilitando a vida de desenvolvedores e alcançando o número de 1 bilhão de aparelhos instalados em 2 anos.

A nova versão do sistema também marca o último grande lançamento do Windows, pois, a partir de agora, ele será tratado como um serviço, com atualizações e melhorias frequentes.

FONTE: InfoAbril


Avalie nosso post:
1 Estrela2 Estrela3 Estrela4 Estrela5 Estrela (Sem avaliações ainda)
Loading...

Palavras Chave: - Microsoft - windows - Windows 10